God of the Unexpected

O nascimento de Jesus.


INTRODUÇÃO

“Mas o anjo lhe disse: "Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus.”

– Lucas 1.30-31 

E ela deu à luz o seu primogênito. Envolveu-o em panos e o colocou numa manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria.

– Lucas 2.7

Após milhares de anos de vigilância e espera, finalmente aconteceu. Uma noite, na cidade de Nazaré, uma jovem chamada Maria recebeu um visitante inesperado. Um anjo de Deus disse-lhe que ela daria à luz um filho, e que deveria chamá-Lo Jesus, que significa “o Senhor é o nosso livramento”.

...Mas Belém estava cheia de gente e não havia nenhuma acomodação para Maria. Então encontraram um abrigo em um estábulo. E foi assim foi que o Libertador Prometido, o Filho de Deus, veio ao mundo como um bebê nascido no mais humilde dos lugares.

– A ESPERANÇA, Capítulo 8

Observe e considere

Deus muitas vezes faz as coisas de maneira diferente do que nós faríamos. Na verdade, Ele geralmente faz o que não esperamos. Em Isaías 55.8 está escrito: “’Os meus pensamentos não são os pensamentos de vocês, nem os seus caminhos são os meus caminhos’, declara o Senhor”.  A verdade deste versículo é ilustrada maravilhosamente com a vinda do Libertador prometido por Deus. Vejamos dois aspectos sobre a Sua vinda.

Primeiro, em vez de esperar que o homem fizesse um caminho até Deus, Ele veio ao homem! Esta verdade simples, porém profunda, separa a mensagem fundamental da Bíblia de todos os outros sistemas religiosos do mundo. Outras religiões ensinam o que o homem deve fazer para chegar a Deus. Contudo, essas religiões: a) não reconhecem o grande abismo, criado pelo pecado, entre Deus e o homem, b) sugerem que o homem é capaz de eliminar esse abismo e c) diminuem a santidade de Deus ao sugerir isso é possível. A Bíblia ensina que não há nada que o homem possa fazer para chegar até Deus, mas em vez disto, Deus veio a nós porque tanto nos amou!

Em segundo lugar, veja como Deus veio ao homem. Ele veio de uma maneira tão íntima e humilde que é quase inconcebível. Ele veio como um bebê nascido de uma jovem virgem num dos lugares mais ordinários: um simples estábulo. Esse não é o cenário que nós imaginaríamos. É a maneira de Deus.

Muitas religiões veem o mundo físico como algo intrinsicamente mau. Para essas religiões seria uma abominação crer que um Deus Criador Santo assumiria a carnalidade humana, sujeitando-se voluntariamente a uma criação decaída e cheia de pecado1.  (Examinaremos esse assunto em maior profundidade em nossa próxima lição.)

Mesmo para aqueles que conseguem aceitar o método maravilhoso que Deus usou para vir até nós, há algo estranho no modo como Ele o fez. Ele veio silenciosamente e em obscuridade. Quando um candidato político decide concorrer a uma eleição, provavelmente ele (ou ela) contratará uma firma de relações públicas para “representá-lo.” O objetivo é impulsionar a campanha, criando a maior visibilidade e interesse público possíveis. O mesmo vale para um artista que se prepara para uma turnê, ou para o lançamento de um filme. Os comunicados da imprensa e a autopromoção disparam.

O Libertador prometido por Deus chegou sem fanfarra ou publicidade. Do ponto de vista humano, a plateia dese evento foi pequena – apenas alguns pastores e alguns animais. Esse é o acontecimento, que divide o calendário ocidental - a.C. e d.C.-2 mas passou desapercebido pela maioria do povo daquela época e daquela região. Na esfera espiritual, porém, uma plateia celestial de anjos deu uma ovação celestial quando o Deus eterno entrou no tempo e no espaço! (Lucas 2.13).

Pergunte e reflita

  • Alguma vez já pediram que você organizasse a vinda de uma pessoa importante? Em caso afirmativo, como seus planos para a vinda daquela pessoa foram diferentes do plano de Deus para a vinda do Seus Filho?
  • Em sua opinião, por que Deus não trouxe o Libertador prometido ao mundo de uma maneira que o mundo inteiro soubesse disso? 

Decida e aja

Cuidado com ideias preconcebidas sobre como você acha que Deus vai fazer algo ou como Ele vai se manifestar em sua vida. Lembre-se, Seus caminhos não são nossos caminhos.

José e Maria não conseguiram achar uma acomodação na hospedaria porque não havia lugar para eles. Belém estava lotada de gente e muito movimentada naquela noite. Muitas pessoas não perceberam que algo de  importância eterna estava acontecendo no meio delas. Elas não o perceberam, não porque estivessem fazendo coisas más, mas porque estavam fazendo cuidando de sua própria vida – sem perceber que Deus estava entre elas.

Assim como na vinda do Libertador, Deus pode ter a intenção de fazer algo importante em sua vida, mas talvez Ele queira fazê-lo de uma maneira completamente inesperada. Se você não está esperando pelo agir de Deus,  talvez não perceberá quando Ele o fizer. Esteja pronto para Deus fazer o inesperado em sua vida!

For Further Study

Footnotes

1The Big Religion Chart. (© ReligionFacts Website, 2004–2006). Comparison of 25+ world religions. (http://www.religionfacts.com/big_religion_chart.htm). Retrieved October 26, 2006.
2Marshall Brain, How Time Works. (How Stuff Works Inc., 1998–2006). (http://people.howstuffworks.com/time7.htm), Retrieved October 25, 2006.