The Mystery of the Church

O corpo de Cristo.


INTRODUÇÃO

Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas. Eles se dedicavam ao ensino e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos.

– Atos 2.41-47

E a partir daquele dia, seus seguidores saíram pelo mundo divulgando a verdade, o amor e o perdão de Deus aos outros. Pelo Espírito de Deus, fizeram as obras que Jesus fez quando esteve entre eles: curaram os doentes, expulsaram espíritos maus e reconciliaram pessoas com Deus. E seu número aumentava a cada dia.

– A ESPERANÇA, Capítulo 12

Observe e considere

No dia em que o Espírito Santo encheu os seguidores de Jesus, algo extraordinário nasceu. O que a maioria das pessoas conhece como a Igreja, a Bíblia descreve como mistério. Em Efésios 3.9-10, Paulo escreve a respeito “deste mistério que, durante as épocas passadas, foi mantido oculto em Deus, que criou todas as coisas. A intenção dessa graça era que agora, mediante a igreja, a multiforme sabedoria de Deus se tornasse conhecida dos poderes e autoridades nas regiões celestiais”.

A Bíblia emprega várias metáforas para descrever o relacionamento entre Jesus e sua Igreja. Algumas delas são:

  • A Igreja é um templo vivo e Jesus é sua pedra fundamental (1 Pedro 2.4-8).
  • A Igreja é um reino de sacerdotes reais e Jesus é o sumo sacerdote (1 Pedro 2.9; Hebreus 10.19-21).
  • A Igreja é o rebanho de Deus, e Jesus é o pastor (João 10.11; Hebreus 13.20).
  • Os membros da Igreja são ramos que pertencem a Jesus, a videira (João 15.5).
  • A Igreja é a noiva e Jesus, o noivo (Efésios 5.31-32; Apocalipse 19.7).
  • A Igreja é a família de Deus; somos Seus filhos, adotados por meio de Jesus Cristo. (1 João 3.1-2; Romanos 8.14-17).

Cada uma dessas metáforas é rica em imagens descritivas, mas talvez nenhuma seja mais rica do que aquela que encontramos em 1 Coríntios 12. Esse texto descreve a Igreja como o corpo de Cristo Jesus, e ele é a cabeça (como lemos em Efésios 5.23). Sabemos que agora Jesus está como Pai no céu. Ele está preparando um lugar para aqueles que creem nele (João 14.2) e está intercedendo por eles (Romanos 8.34). Sua presença na terra agora é manifestada pelo Espírito Santo por intermédio de seu corpo, a Igreja. Nesse sentido, os membros da Igreja são seus braços, mãos, pés, olhos e lábios no mundo. Como cabeça desse corpo, Jesus está dirigindo a atividade da Igreja na terra através do Espírito Santo.

Ao comparar a metáfora de um corpo físico ao relacionamento entre Jesus e sua Igreja, considere essas duas verdades:

  1. Todas as partes de um corpo são necessárias para formar uma unidade funcional completa. Se um membro do corpo estiver fraco ou faltando, o corpo todo sofre.
  2. É somente no contexto de um corpo em funcionamento que cada membro descobre sua identidade. Assim como um dedo não pode cumprir sua função separado da mão, um seguidor de Jesus nunca conhecerá (andará na) sua identidade em Jesus se estiver separado de um relacionamento correto com o corpo de Jesus.

Pergunte e reflita

  • Qual dessas cinco metáforas a respeito de Jesus e seu relacionamento com a Igreja faz mais sentido para você? Por quê?
  • Você sente que é uma parte vital do corpo de Jesus? Por que sim ou por que não?
  • O que você pode fazer para estar unido de maneira mais vital ao corpo de Jesus?

Decida e aja

A igreja global é uma manifestação de igrejas locais em comunidades por todo o mundo. Não é o objetivo deste guia de estudos promover uma determinada denominação, e sim enfatizar o mandato bíblico para que os seguidores de Jesus se envolvam sinceramente em uma igreja local (Hebreus 10.25).

É responsabilidade de cada seguidor de Jesus:

  • Encontrar uma igreja que ensine claramente: a) fé em Jesus Cristo como o caminho para conhecer Deus e receber vida eterna, e b) a Bíblia como a Palavra de Deus.
  • Descubra como você pode servir ao Corpo de modo que Deus possa usá-lo e fazê-lo crescer.
  • Seja fiel em seu compromisso com uma igreja local.

For Further Study